PERU
Francisco "Tãozinho"


Depois das montanhas agrestes da Bolívia, havia um deserto e as montanhas peruanas. Ali, conheci a solidão física e a da alma.


A noticia da morte do meu irmão mais velho me fez enxergar um
deserto mais profundo do alto de montanhas rochosas e de vege-
tação rasteira. Foi o meu capacete o único a ouvir o choro, abafado
pelo som grave e estridente de Nina Simone. Percebi que aquela era
uma viagem de despedida de um irmão que nunca faria tal jornada
comigo.


Vida que segue. Jornada que segue.


"Podemos seguir juntos?", perguntou outro viajante que buscava
companhia. Por mim, tudo bem.

Javier e eu rodamos juntos até o Equador onde nos envolvemos em um acidente em Santo Domingos. Cuidamos um do outro como amigos, daqueles que levam uma vida pra consolidar a amizade. E levou, afinal, nascemos de novo.

© 2019 - 2020 por Marcos Veloso.

PERU

Acrílica sobre tela 60cm x 60cm